| 

Ação Social

Prefeitura de Sairé realiza 7ª Conferência Municipal de Assistência Social

A Secretaria Municipal de Ação Social de Sairé realizou nesta terça-feira (25), a 7ª Conferência Municipal de Assistência Social com o tema “Garantias dos Direitos no Fortalecimento do SUAS”.

O objetivo central é refletir a participação democrática como espaço de oportunidade para se avaliar em que medida a gestão compartilhada tem sido cumprida e assumida como responsabilidade política e pública por todos os atores envolvidos, como condição para a consolidação Sistema Único de Assistência Social (SUAS); e a política de Assistência Social para a melhoria das condições de vida e empoderamento dos usuários. 

A Conferência teve a participação do excelentíssimo prefeito Fernando Pergentino, da primeira-dama, Silvânia Vasconcelos, secretário de ação social, José Dijailson, demais Secretários Municipais, lideranças municipais, Conselheiros Tutelares, Assistente Social do Município, usuários, sociedade civil, servidores e representantes de diversos conselhos.

A Conferência é um espaço de debate coletivo, onde governo e sociedade civil organizada têm a oportunidade de participar, discutir e avaliar a política pública, sendo parte de um amplo processo de diálogo e democratização da gestão pública, com a finalidade de definir as prioridades de ações para os próximos anos reconhecendo as responsabilidades de cada ente federado.

Para o prefeito Fernando Pergentino, “este é um momento oportuno para a população de Sairé identificar o caminho que a Assistência Social traçou no município, seus avanços e desafios, tendo em vista o atual estágio de desenvolvimento da política, em que a Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS) completa 20 anos e sua promulgação representou um marco no reconhecimento e garantia de direitos.”, explicou o prefeito Fernando Pergentino. 

A 7ª Conferência Municipal de Assistência Social de Sairé abordou eixos orientadores: cofinanciamento obrigatório do SUAS; a vigilância socioassistencial; gestão do trabalho; gestão de serviços, programas e projetos; gestão de benefícios; e regionalização.

 “Nosso desejo é avançar na estruturação da assistência social de Sairé de forma participativa, a partir de reflexões sobre a nossa realidade“, afirmou o secretário municipal de Ação Social, José Dijailson.